Simule seu investimento em mogno africano AGORA Simular

TimbóNome Científico: Ateleia glazioviana (Leguminosae – Papilionoideae), Timbó.

Características: Árvore caducifólia com cerca de 5-15 m de altura e 20 a 30 cm de diâmetro. A casca externa, nas árvores mais jovens, é cinza-clara, lisa a quase lisa, escamosa e com presença de lenticelas. As folhas são alternas, compostas, imparipinadas, com 20 a 40 cm de comprimento, contendo de 21 a 30 folíolos alternos, lanceolados. As flores são amareladas, reunidas em inflorescência, com até 15 cm de comprimento e os frutos medem de 2,2 a 2,7 cm de comprimento por 0,8 cm de largura, de cor amarelo-clara, com uma ala pequena ao largo da sutura superior e com a semente visível no centro.

Locais de Ocorrência: Ocorre de forma natural nos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Cataria e São Paulo.

Madeira: É moderadamente densa e com casca e alburno desprendem odor forte e desagradável. É pouco apreciada, geralmente com uso local em construção civil, obras internas, forro, sarrafos, ripas, caixotaria, carpintaria, confecções de objetos leves.

Aspectos Ecológicos: É uma espécie precursora e agressiva, jamais encontrada no interior de florestas. Apresenta regeneração natural intensa fora da floresta primária e é indicada para conservação, recuperação de solos e de ecossistemas degradados. 

As espécies de árvores nativas como o Timbó são muito indicadas para ações de reflorestamento, preservação ambiental, arborização urbana, paisagismos ou plantios domésticos. O reflorestamento, por exemplo, corresponde a implantação de florestas em áreas que já foram degradadas, seja pelo tempo, pelo homem ou pela natureza.

Já quando há a finalidade de arborização urbana ou paisagismo, é necessário avaliar o espaço em que a muda será plantada para que não haja problemas com a fiação elétrica ou rachaduras na calçada.

No viveiro do Instituto Brasileiro de Florestas é possível encontrar mudas de árvores nativas produzidas em tubetes plásticos de diversos tamanhos. Todas com a certificação no Registro Nacional de Mudas e Sementes – RENASEM.

Confira também sobre Chuva de Ouro!

Fale Conosco