Simule seu investimento em mogno africano AGORA Simular

BugreiroNome Científico: Lithraea molleoides (Anacardiaceae), Bugreiro.

Características: O Bugreiro é uma espécie arbórea com altura de 6-12 m e tronco com 30-40 cm de diâmetro. Folhas compostas imparipinadas, com 3-7 folíolos de 5-8 cm de comprimento por 1,5-2,5 cm de largura.

Locais de Ocorrência: Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul até o Rio Grande do Sul, em várias formações vegetais.

Madeira: Pesada, dura, compacta, pouco elástica, fácil de rachar, de longa durabilidade. É útil para a construção civil, marcenaria, obras de torno, esteios, lenha e carvão.

Aspectos Ecológicos: o bugreiro é uma perenifólia, heliófita, pioneira, característica da floresta situada em regiões de altitude, tanto em terrenos secos quanto úmidos. Apresenta dispersão ampla, porém irregular, ocorrendo principalmente nas formações secundárias. Sua produção de sementes é abundante todos os anos. Floresce durante os meses de agosto-setembro. A maturação dos frutos verifica-se nos meses de novembro-janeiro, contudo permanecem na árvore por mais algum tempo.

As espécies de árvores nativas como o BUGREIRO são muito indicadas para ações de reflorestamento, preservação ambiental, arborização urbana, paisagismos ou plantios domésticos. O reflorestamento, por exemplo, corresponde a implantação de florestas em áreas que já foram degradadas, seja pelo tempo, pelo homem ou pela natureza.

Já quando há a finalidade de arborização urbana ou paisagismo, é necessário avaliar o espaço em que a muda será plantada para que não haja problemas com a fiação elétrica ou rachaduras na calçada.

No viveiro do Instituto Brasileiro de Florestas é possível encontrar mudas de árvores nativas produzidas em tubetes plásticos de diversos tamanhos. Todas com a certificação no Registro Nacional de Mudas e Sementes – RENASEM.

Confira também sobre Fedegoso!

 Fale Conosco