Cabreuva Myroxylon peruiferumA árvore Cabreúva (Myroxylon peruiferum) é uma planta da família das fabáceas, usada medicinalmente como anti-inflamatório e expectorante peitoral. Uma de suas utilidades é o “bálsamo de tolu”, quando o tronco fornece, por lesão, uma substância aromática empregada em perfumaria, de propriedade estimulante, tônica e expectorante.

O pé de Cabreúva costuma florescer de julho a setembro, e a dar seus frutos entre outubro e novembro. Não é uma árvore fácil de vingar e crescer. Já no campo, seu crescimento é considerado moderado. A espécie tem ainda madeira pesada e dura. Apesar disso, apresenta alta resistência ao apodrecimento.

Em função dessas características, é empregada também na confecção de mobiliário, revestimentos decorativos, produção de folhas laqueadas e peças torneadas, entre outros usos. Ocorre tanto no interior da mata primária densa, como nas formações secundárias.

As espécies de árvores nativas como a CABREÚVA são muito indicadas para ações de reflorestamento, preservação ambiental, arborização urbana, paisagismos ou plantios domésticos. O reflorestamento, por exemplo, corresponde a implantação de florestas em áreas que já foram degradadas, seja pelo tempo, pelo homem ou pela natureza.

Já quando há a finalidade de arborização urbana ou paisagismo, é necessário avaliar o espaço em que a muda será plantada para que não haja problemas com a fiação elétrica ou rachaduras na calçada.

No viveiro do Instituto Brasileiro de Florestas é possível encontrar mudas de árvores nativas produzidas em tubetes plásticos de diversos tamanhos. Todas com a certificação no Registro Nacional de Mudas e Sementes – RENASEM.

Confira também sobre Quaresmeira!

Fale Conosco