O que os povos antigos já sabiam e que devemos praticar ainda hoje

Há aproximadamente 500 anos, a civilização mais sofisticada da América do Sul — o Império Inca — habitou a região da Cordilheira dos Andes, onde hoje ficam os países: Bolívia, Peru, Chile e Equador. A mais famosa cidade Inca foi descoberta em 1911. Machu Picchu estava em ótimo estado de conservação e permitiu que os estudiosos compreendessem mais sobre a arquitetura e costumes da época.

Os Incas desenvolveram um sistema de agricultura na qual é utilizado até os dias de hoje. Calcula-se que os incas cultivavam cerca de 700 (setecentas) espécies vegetais. A chave do sucesso da agricultura Inca era a existência de estradas e trilhas que possibilitam uma boa distribuição das colheitas numa vasta região.

O plantio era feito em terraços e já usavam a adiantada técnica das curvas de nível sendo os primeiros a usarem o sistema de irrigação.

Trabalho de recuperação do solo em áreas íngremes e montanhosas

Curva de nível mogno africano

Nos dias de hoje essa técnica é utilizada por engenheiros florestais para a implantação de florestas nativas e comerciais, como mogno africano, em terrenos íngremes ou regiões montanhosas visando a conservação, evitando a erosão e lixiviação (perda de nutrientes) do solo.

O método é milenar, porém sua execução tem o auxílio de técnicas inovadoras como por exemplo, a análise do solo e topografia que auxiliam na execução assertiva deste processo que tem como finalidades:

  • Preservar recursos hídricos e diminuir os danos ao solo em casos como enxurradas, evitando o assoreamento de rios, córregos e nascentes;
  • Maior aproveitamento hídrico, mantendo o solo úmido por mais tempo em decorrência da retenção de água;
  • Evitar a erosão.

Para entender mais sobre a lucratividade do mogno africano, baixe nossa planilha modelo de investimento.

planilha modelo de investimento

 

 

 

 

 

  

 

Ligar

icon telefoneFale conosco!

(11) 4063-5206

 

Bate-Papo

icon chat

Receba ajuda de um

especialista on-line

Das 8h às 18h

E-mail

icon email

Envie-nos perguntas

detalhadas sobre sua dúvida

Saber Mais

Saber Mais

Use a Central de Atendimento

para encontrar as respostas

rapidamente.

Logo IBF

 WhatsApp IBF

bnds edit

Endereço

Instituto Brasileiro de Florestas

IBF Londrina

- Rua Sena Martins, 281B
Bela Vista, Londrina - Paraná
86015-060

+55 (43) 3324-7551

IBF Curitiba

- Rua Lívio Moreira, 631
São Lourenço, Curitiba - Paraná
82200-070

+55 (41) 3018-4551