Muitas pessoas pensam que as madeiras são todas iguais, pois saiba que características como densidade, rigidez, tempo de crescimento, extração e resistência a fungos e insetos, são essenciais para diferenciar a madeira nobre da madeira comum.

O valor comercial muda entre esses dois tipos de madeira. Ao iniciar um investimento florestal, é fundamental saber qual tipo de madeira poderá trazer melhores resultados para seu projeto a fim de evitar futuros transtornos. Antes de saber as vantagens e desvantagens da madeira nobre, vamos entender qual foi o contexto que a faz surgir no Brasil.

Breve histórico da origem da Madeira Nobre no Brasil

Com a chegada de Dom João VI ao Brasil, ficou determinado que algumas espécies de árvores só poderiam ser derrubadas para uso exclusivo da coroa. O material era estratégico, pois era a matéria-prima para a construção de navios, residências e móveis.

Só poderia haver a derrubada dessas árvores com a autorização da Coroa portuguesa, ou seja, dependia da lei. Por isso, a expressão “madeira de lei” se tornou tão popular e passou a designar também madeira nobre. O tão famoso Pau-Brasil, muito cobiçado na época, foi a primeira árvore a ser classificada como madeira de lei.

Essa foi uma tentativa do governo português de evitar que o material fosse contrabandeado por navios espanhóis, franceses e ingleses que apareciam na costa do país. Com o passar dos anos, madeiras como o jatobá e a peroba também foram incluídas na categoria de madeira de lei.

Após a independência do Brasil, essas leis perderam sua validade, mas o nome madeira de lei é utilizado até hoje por algumas pessoas para definir as espécies mais resistentes e valiosas comercialmente. Com a ampliação do termo, árvores como ipê, mogno, jacarandá e cedro passaram também a ser consideradas madeira de lei.

Porém, ainda existem leis ambientais que restringem e controlam o acesso à madeira nobre para evitar o desmatamento de florestas nativas, extração predatória e o desaparecimento de algumas espécies que correm risco de extinção.

Ainda assim é possível ter florestas comerciais para produção de madeira nobre. Atualmente, uma das opções é criar uma floresta com uma espécie nobre exótica. Vale lembrar que antes mesmo da implantação da floresta, é recomendado fazer estudo do local e seguir a legislação vigente.

O que é madeira nobre?

Ela é mais resistente do que outras madeiras, mas você quer saber por que isso acontece? Com o passar dos anos, é natural que o tronco da árvore vá ficando mais firme, pois o alburno (parte externa, mais nova e funcional, da madeira em plantas lenhosas) vai diminuindo. É a camada mais clara e macia que existe ao redor do tronco. Já a parte mais ao centro, escura e dura é chamado de cerne.

O cerne é formado por células mortas, desenvolvendo uma estrutura mais ou menos enrijecida de suporte, em volta da qual o alburno se vai progressivamente formando. Conforme as células do alburno decaem e morrem, elas vão se incorporando no cerne, o qual vai assim crescendo com o tempo, acompanhado a expansão do xilema. A formação do cerne se dá entre 12 e 17 anos de idade.

As madeiras nobres são mais pesadas, densas e apresentam alta resistência ao ataque de fungos e insetos por terem mecanismo de defesa que inibe o ataque desses organismos. Essa madeira apresenta diversas aplicações podendo ser utilizadas na construção de casas, instrumentos musicais, móveis super-resistentes, acessórios de luxo e entre outras finalidades. Por isso, é tão cobiçada no mercado interno e externo.

Principais vantagens da madeira nobre

→ Durabilidade
→ Resistência a umidade
→ Bonita mesmo sem acabamento
→ Maior resistência a pragas
→ Maior valor no mercado
→ Alternativa sustentável
→ Apresenta fuste retilíneo e baixa incidência de galhos
→ Muito utilizadas utilizadas na construção civil, construção naval e confecção de móveis e instrumentos musicais

Desvantagens da madeira nobre

→ Mais pesada que outras opções
→ Não é um tipo de madeira maleável
→ Dificuldade para tingimento
→ Algumas espécies produzem madeiras “peludas”, o que dificulta o lixamento
→ Em alguns casos tem um pouco de revezo

Outra característica da madeira nobre é o agradável aspecto estético que ela apresenta, a qual é de bom comportamento tecnológico e isento de odor. Caso ela exale algum cheiro, será agradável, qualificando-a para a confecção de mobílias. Se apresentar odor desagradável, sua aplicação fica comprometida para confecção de determinados produtos.

Espécies de madeira nobre

  • Ipê: espécie nativa brasileira resistente a geada, produz madeira nobre que é amplamente consumido no mercado nacional e internacional.
  • Mogno brasileiro: atualmente essa espécie corre risco de extinção devido à exploração predatória da madeira e também devido ao ataque de pragas.
  • Mogno Africano: é mundialmente utilizado pelo seu potencial de produção, pois se adapta facilmente a diferentes climas, sendo chamado até de novo ouro verde. No Brasil é utilizado para substituir o Mogno Brasileiro pois além das questões legais, o Mogno Africano é mais resistente aos ataques de insetos. Além disso, ganha destaque devido à sua qualidade e beleza.

Considerando o clima quente do Brasil, o mogno africano surge como espécie conveniente para o plantio comercial a fim de produzir madeira nobre, abastecendo o mercado consumidor interno e externo. É uma fonte de investimento sustentável e altamente lucrativo Um hectare da floresta de mogno africano pode gerar até meio milhão de reais líquido no final de seu ciclo. Isso faz com que empresas e investidores estejam de olho no mercado de mogno africano. Ele é uma ótima escolha de investimento a longo prazo!

 conheça vantagens mogno africano

 

 

 

 

youtube video

Treinamento

 

Mogno Africano

Ligar

icon telefone

Fale com um especialista do IBF

das 8h às 18h

+55 11 4063-5206

Bate-Papo

icon chat

Receba ajuda de um

especialista on-line

Das 8h às 18h

E-mail

icon email

Envie-nos perguntas

detalhadas sobre sua dúvida

Saber Mais

Saber Mais

Use a Central de Atendimento

para encontrar as respostas

rapidamente.

Logo IBF

 WhatsApp IBF

bnds edit

Nossos Serviços

Endereço

Instituto Brasileiro de Florestas

IBF Londrina

- Rua Sena Martins, 281B
Bela Vista, Londrina - Paraná
86015-060

+55 (43) 3324-7551

IBF Curitiba

- Rua Lívio Moreira, 631
São Lourenço, Curitiba - Paraná
82200-070

+55 (41) 3018-4551