Ao se tratar de reflorestamento comercial de mogno africano, há uma série de cuidados e detalhes que devem ser considerados no momento do manejo para se obter sucesso no plantio e evitar surpresas desagradáveis durante o desenvolvimento da floresta. Estes cuidados são detalhados no planejamento florestal.

Geralmente esse planejamento é desenvolvido por um engenheiro florestal ou agrônomo que, após estudar se a área é apta para receber o cultivo de determinada cultura, descreve todos os cuidados necessários para o projeto. Ainda assim, alguns silvicultores e produtores rurais insistem em não seguir as orientações, cometendo erros que podem comprometer o plantio e até trazer prejuízos significativos ao negócio florestal.

Por isso, listamos os 10 erros mais comuns no manejo de florestas de mogno africano.

10 erros mais comuns na hora do manejo florestal

1) Preparo do solo

Um dos erros mais comuns, é não cuidar previamente do solo e já ir colocando as mudas a campo. O solo é como se fosse a casa, o lar das mudas, ou seja, ela precisa ser confortável, apresentar infraestrutura e alimentos para que as árvores possam crescer de forma saudável.

A terra é de onde elas extraem os nutrientes para se desenvolverem, por isso estudar como está a saúde do solo é essencial. Para diagnosticar a saúde do solo, é indicado analisar a sua fertilidade química, física e biológica antes mesmo de iniciar o plantio das mudas.

Com base nos resultados dessa análise é possível identificar quais nutrientes estão presentes e ausentes, se há necessidade de aplicar corretivos e até mesmo realizar a adubação verde para reciclagem dos nutrientes.

A deficiência de Cálcio (Ca), Boro (Bo), Fósforo (P), Potássio (K), Manganês (Mg) ou ainda o desequilíbrio de bases da solução do solo facilitam a presença de pragas e doenças. Veja com mais detalhes as pragas e doenças do mogno africano e como evitá-las neste artigo.

2) Desconhecer o local de plantio

Desconhecer ou esquecer de analisar o local de plantio das mudas é um dos erros mais comuns no manejo do mogno africano em específico. O mogno africano, por ser uma espécie exótica de origem africana, não se adapta à regiões onde há a ocorrência de geadas ou áreas muito úmidas, por essa razão o cultivo do mogno africano é indicado em regiões quentes e com índice pluviométrico superior a 800 milímetros ao ano.

Ao estruturar o projeto, o engenheiro responsável precisa verificar o índice pluviométrico, o clima, tipo de solo, a atividade agrícola desenvolvida anteriormente naquela terra e se são compatíveis com o desenvolvimento de uma determinada cultura agrícola ou silvicultural. Conhecer a atividade desenvolvida anteriormente ajuda ao profissional identificar o nível de compactação e o solo da região.

O uso excessivo de maquinário pesado ou ainda criação de gado por longo tempo compacta o solo o que dificulta a penetração da raiz das árvores e, consequentemente, seu desenvolvimento é comprometido. Nesses casos é indicado a descompactação do solo ou até mesmo a adubação verde. Aproveite para entender mais como a adubação verde pode contribuir para a produtividade de florestas de mogno africano.

Além dos dados mencionados, ele poderá orientar em relação do método de plantio com base no relevo do local. Por exemplo, para regiões com relevo acidentado é indicado que seja feito o plantio manual, o que requer maior mão de obra e treinamento. Já regiões mais planas o plantio pode ser mecanizado, ou seja, por meio de uso de tratores ou algum outro maquinário. Todos os detalhes mencionados anteriormente podem impactar a viabilidade financeira de florestas comerciais de mogno africano.

3) Projeto de viabilidade financeira

Não basta apenas saber se a cultura que deseja plantar irá se desenvolver bem naquela região, também é fundamental considerar a viabilidade econômica do negócio florestal. Por exemplo, um solo extremamente pobre já é um indicador de que será necessário adquirir um grande volume de insumos, aumentando assim, o valor do investimento inicial do projeto.

Outro ponto considerado neste projeto de viabilidade financeira é a questão mercadológica do produto que será fornecido, no caso a madeira de mogno africano. Para isso, é analisado se o tamanho da área e a capacidade produtiva são suficientes para atender o mercado doméstico ou internacional. Também avalia-se a demanda do mercado, se há potenciais compradores deste produto e o aspecto logístico, ou seja, se há pontos de transporte dos produtos produzidos.

Por meio desse panorama geral, o engenheiro conseguirá determinar se o plantio é viável ou não e ainda otimizar os recursos já existentes da propriedade para diminuir as despesas com insumos.

4) Não capacitar a equipe

Após conhecer todas as características da área e montar o projeto florestal é iniciado o processo de preparo do local, de implantação e de manutenção da floresta. Nessas três fases mencionadas, é importante haver a capacitação da equipe. No momento de preparo do local devem ser removidas as possíveis pragas do local como as colméias das abelhas arapuás, ninhos de formigas cortadeiras e remover o mato. Em cada um desses processos é realizado treinamento para evitar acidentes e melhor execução da atividade.

Na fase de implantação, a equipe é instruída sobre a quantidade de adubo para evitar a queima da muda e técnicas para abertura das covas. As covas não podem ser muito fundas e não deve haver excesso de terra no colo da muda, pois isso ocasionará o sufocamento da planta que compromete seu desenvolvimento.

Durante a fase de manutenção, a equipe deve ser treinada para as atividades de poda (ou desrama) e execução dos desbastes. A poda dos ramos deve ser feita até que o fuste alcance entre 8 a 12 m livre de galhos, devendo ser realizada logo nos primeiros anos de idade da floresta, evitando remover excessivamente os galhos das árvores.

A remoção demasiada de galhos enfraquece o desenvolvimento da planta, uma vez que as folhas são as principais responsáveis por realizar a fotossíntese e obter, assim, nutrientes. Para saber mais sobre os erros mais comuns, baixe nosso material gratuito sobre o tema.

Quanto aos desbastes, a orientação para a equipe de trabalho é relacionada a seleção das piores árvores a serem desbastadas e quais indivíduos deverão permanecer para o corte raso.

5) Podar demais

A poda (ou desrama) é uma das atividades de manutenção da floresta que deve ser realizada a partir do terceiro ano de idade da floresta para se obter madeira limpa e homogênea. Nessa atividade de manutenção, é removido ramos vivos, secos e doentes das árvores para que não haja a proliferação de pragas e doenças. Por isso, essa técnica é muito utilizada para produção de madeira para serraria.

A retirada dos galhos deve ser até dois terços de altura da copa da árvore, sendo o ideal atingir de 8 a 12 metros de fuste livre de galhos. Caso a desrama não seja feita de forma adequada e lesione a árvore poderá haver a contaminação por fungos, pragas ou doenças. O excesso de remoção dos galhos pode desacelerar o crescimento da árvore, uma vez que ela é responsável pela fotossíntese (energia).

Por isso, deve-se atentar ao método de remoção e quanto será removido para não prejudicar o desenvolvimento das floresta e nem a qualidade da madeira produzida.

6) Não desbastar a floresta

Ao se tratar de florestas de mogno africano para produção de madeira nobre para serraria, é indicado o espaçamento de 3 x 2 metros com lotação inicial de 1.666 árvores/hectare (ha). Neste modelo de espaçamento há a competição entre as árvores sendo recomendado realizar o desbaste reduzindo-se para 950 árvores/hectare entre 2 e 4 anos; para 474 árvores/hectare aos 7 anos; para 238 árvores/hectare aos 12 anos; e realização de corte raso aos 17 anos.

A ausência dos desbastes neste modelo mais fechado de povoamento gera o autodesbaste da floresta, uma vez que as árvores competem entre si podendo ocasionar a morte das mais fracas. Por isso, é recomendado que seja feito o desbastes periodicamente para evitar a perda da madeira e também para gerar renda no negócio florestal planejado.

Além de gerar liquidez, o desbaste permite que os indivíduos remanescentes, com melhor desempenho, tenham aumento no crescimento, melhorando assim a produtividade de árvores com classes diamétricas mais elevadas.

7) Soltar o gado antes do tempo

O plantio consorciado é aquele que há a presença de duas ou mais atividades culturas agrícolas ou silviculturais em uma determinada região para fins comerciais. Nesta modalidade de plantio, o mais comum é o plantio de florestas com a criação de gados também conhecido como sistema silvipastoril (pecuária + floresta).

Normalmente esse sistema consiste no plantio da floresta em renques no sentido leste/oeste com espaçamento de 18 metros entre os renques, 3 metros entre as linhas e 2 metros entre árvores. Contudo, é imprescindível aguardar ao menos 2 anos para que as mudas se desenvolvam e não sejam pisoteadas pelo gado.

Ainda nessa modalidade a atenção deve ser redobrada para o gado, apesar do mogno africano não ser palatável, a ausência de alimento pode fazer com que o gado roa o tronco da árvore acarretando em prejuízo no negócio florestal.

8) Não monitorar o desenvolvimento da floresta

Ao se tratar de florestas comerciais, muitas pessoas acreditam que basta apenas plantar as mudas e deixar a planta crescer. Esse é o erro mais grave cometido pelos silvicultores iniciantes. A floresta precisa ser monitorada até o seu corte final. Por meio desse monitoramento é possível identificar ataques de pragas ou doenças, avaliar a idade ótima de corte e se há a necessidade de se adiantar atividades de manutenção para obter madeira de qualidade.

Além disso, identificar o desenvolvimento e produtividade da floresta. Para isso é indicado medir o diâmetro da altura do peito (DAP) das árvores de um determinado talhão anualmente. Dessa forma é possível mensurar o crescimento das árvores e calcular uma média da produção de madeira e evitar assim surpresas durante o crescimento da floresta.

9) Controlar o mato e as formigas

Antes mesmo de iniciar o plantio das mudas é indicado realizar a limpeza da área como já apresentado anteriormente. O cuidado com as formigas e o mato deve receber atenção especial. No caso do mato, durante o pré-plantio e nos primeiros anos de idade da floresta. O mato em excesso pode sufocar o crescimento das árvores roubando seus nutrientes e desacelerando seu crescimento.

Já as formigas, as grandes vilãs das florestas, atacam as folhas das mudas podendo ocorrer em qualquer idade da floresta. Por isso, é indicado monitorar e aplicar iscas formicidas durante todo o desenvolvimento da floresta. Para entender mais sobre o assunto, confira essa entrevista exclusiva com a equipe da Dinagro.

10) Tratar e armazenar a madeira de forma incorreta

Florestas que adotam o espaçamento de 3 por 2 metros requerem desbastes periódicos dos piores indivíduos para dar espaço para os melhores se desenvolverem. Independente da idade de corte da floresta, a árvore recém cortada precisa ser imunizada e armazenada corretamente para evitar a ocorrência de fungos e insetos que podem danificar a madeira obtida.

Por isso é indicado imunizar por meio de produtos químicos e secar a madeira. A secagem pode ser de forma natural ou ainda por meio do autoclave. Independente do método de secagem é recomendado armazenar a madeira em ambiente arejado e ventilado para não haja a presença de fungos que poderão escurecer a madeira e desvalorizá-la.

Portanto, o manejo da floresta de mogno africano requer atenção aos detalhes desde a elaboração do projeto até o armazenamento do produto final. Evitando os erros apresentados anteriormente, o produtor irá colher bons frutos no futuro por meio de uma madeira de ótima qualidade. Para saber mais sobre como funciona o investimento em mogno africano, baixe nossa planilha gratuita de modelo de investimento:

 

planilha modelo de investimento

Treinamento

 

Fazendas a venda

Ao contrário acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra deAmareloAmareloAmareloAmarelo literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um proAo contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um pro

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.de uma linha na seção 1.10.32.Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

fessor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem. Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

 

Mogno Africano

Ligar

icon telefone

Fale com um especialista do IBF

das 8h às 18h

+55 11 4063-5206

Bate-Papo

icon chat

Receba ajuda de um

especialista on-line

Das 8h às 18h

E-mail

icon email

Envie-nos perguntas

detalhadas sobre sua dúvida

Saber Mais

Saber Mais

Use a Central de Atendimento

para encontrar as respostas

rapidamente.

Logo IBF

 WhatsApp IBF

bnds edit

Nossos Serviços

Endereço

Instituto Brasileiro de Florestas

IBF Londrina

- Rua Sena Martins, 281B
Bela Vista, Londrina - Paraná
86015-060

+55 (43) 3324-7551

IBF Curitiba

- Rua Lívio Moreira, 631
São Lourenço, Curitiba - Paraná
82200-070

+55 (41) 3018-4551